Deseja compilar seu aplicativo Delphi para a plataforma de 64 bits? Alguma atualização corretiva da Microsoft foi distribuída através do Windows Updates e está interferindo no funcionamento de seu sistema? Precisa habilitar suporte aos novos protocolos criptográficos, como por exemplo o Curvas Elípticas que está começando a ser utilizado no Brasil? Está utilizando componentes do Projeto ACBr e gostaria de substituir as bibliotecas CAPICOM, MSXML, OpenSSL, XMLSec e Zlib para componentes nativos?

A Basconero oferece um serviço especializado para estas necessidades, onde é realizada uma engenharia reversa em seus sistemas para elaborar um projeto de migração de tecnologias obsoletas para componentes nativos e aderentes aos sistemas operacionais suportados pelo Delphi, RAD Studio e C++ Builder.

Maiores informações em:


Xamarin Evolve

Entre os dias 15 a 17 de junho ocorrerá a 21ª Edição da Cards Payment & Identification, a maior feira do setor de cartões, meio de pagamento, identificação e certificação digital e e-commerce da América Latina.

A Basconero, especializada em certificação digital, estará presente neste evento.

Maiores informações em:

A era do CAPICOM chegou ao fim

25 Setembro 2015
Publicado em Análises

CAPICOM é um controle ActiveX criado pela Microsoft em 2001 para expor um conjunto reduzido e limitado de funções da Microsoft Cryptographic Application Interface (CryptoAPI) através da arquitetura COM. Desde o lançamento do Windows 7 este componente foi removido da instalação padrão do Windows e classificado como obsoleto pela Microsoft, não recebendo mais atualizações, investimentos e suporte desde então.

Conheça os principais motivos para abandonar o CAPICOM imediatamente:

  1. Windows Updates: A Microsoft distribui atualizações corretivas mensais e patches de segurança que podem ser emitidos a qualquer momento dependendo da gravidade da ameaça. Existe o risco dessas atualizações interferir no funcionamento das funções disponibilizadas pela CAPICOM a qualquer momento, sem aviso prévio. E no momento que isso ocorrer a Microsoft não lançará nenhuma atualização corretiva para o CAPICOM. Afinal, ela já vêm avisando o mundo inteiro a meia década;

  2. Plataforma de 64 bits: O componente CAPICOM foi compilado apenas para a versão de 32 bits. Isto significa que só pode ser utilizado em aplicativos compilados em 32 bits, não funcionará sob compilações de 64 bits, impedindo que os aplicativos usufruam do real desempenho disponível nos hardwares atuais;

  3. Novos protocolos criptográficos: Se sua necessidade de negócio precisar utilizar os novos protocolos da indústria, como por exemplo o Curvas Elípticas que está começando a ser utilizado no Brasil em âmbito federal, fique sabendo que CAPICOM não suporta nenhum desses protocolos;

  4. Obsolência de algoritmos: Existem bloqueios graduais orquestrados pela indústria que começarão a ter vigência a partir de 2016 visando abandonar o uso do algoritmo SHA1, que já não é considerado seguro. É mais um motivo para abandonar a arquitetura CAPICOM - antes que sua instituição seja pega de surpresa.

A Basconero, que é especializada em certificação digital, está prontamente capacitada para realizar serviços de migração da arquitetura CAPICOM para as arquiteturas vigentes CryptoAPI, .NET ou outras alternativas. Informe-se sobre nossa solução através do uso de um componente Delphi especialmente pré-configurado para este propósito.

Maiores informações em:


O plugin Java foi finalmente bloqueado no Chrome. Esta é uma ação planejada desde 2013, seguindo uma tendência de indústria de remover o Java dos principais browsers do mercado, pois esses plugins são os principais fatores de insegurança, mal funcionamento, lentidões e travamentos.

A consequência é a exibição da mensagem "Este plug-in não é suportado" a partir da versão 42 do Chrome, distribuído a partir de abril de 2015, desabilitando o suporte a applets Java e aos obsoletos plugins NPAPI.


Chome


O Internet Explorer 11 foi a primeira versão a não permitir plugins em seu navegador, isso quando ele é executado em modo de interface moderna no Windows 8. Inclusive, plugins nunca foram permitidos nos browsers dos dispositivos móveis, e o browser Mozilla já está dificultando a ativação destes plugins para no futuro desativá-los completamente. Nesta lista entra também o novo browser da Microsoft, o Spartan Project, que não permitirá o uso de applets Java para torná-lo um dos browsers mais rápidos, seguros e sofisticados do mercado.

As empresas precisarão substituir seus componentes Java (ou Silverlight) por soluções nativas. Uma das maiores necessidades estão nos componentes de reconhecimento de cartão inteligente (smart card) ou de tokens para o armazenamento de certificados digitais, que precisam ser utilizados para a autenticação em sites e serviços para realizar operações de assinatura digital.

A Basconero oferece uma das melhores soluções, pois desenvolveu um complemento de assinatura digital nativo para o Chrome que é adaptado às necessidades das empresas mediante seu serviço de consultoria.

Leia mais em: